Prevenção e Diagnóstico Precoce do Câncer de Mama

O câncer de mama é o tipo de câncer mais frequente (exceto o câncer de pele não melanoma) e que causa mais mortes entre as mulheres. Com finalidade de ajudar a prevenir e obter o diagnóstico precoce, em 1990 criou-se o movimento chamado “Outubro Rosa”.

Ele foi criado, acima de tudo para promover a conscientização sobre a doença e o objetivo principal é alertar as mulheres sobre a importância da prevenção do câncer de mama, realizando o autoexame nas mamas, exames clínicos com o seu médico, bem como fazendo a mamografia anual, que é um exame de imagem que pode detectar um nódulo mesmo que este ainda não seja palpável.

A mamografia é indicada para mulheres a partir dos 40 anos de idade; para mulheres que têm histórico familiar de câncer de mama, é recomendado a partir dos 35 anos de idade. Eventualmente o médico pode solicitar um ultrassom das mamas, ou mesmo uma ressonância magnética quando indicado.

Em alguns casos, de acordo com a necessidade, para se diagnosticar o câncer de mama é solicitado a biópsia, que é uma pequena cirurgia, onde se colhe uma pequena amostra de tecido ou células, para analisar em laboratório, e posteriormente saber se o tumor é maligno ou benigno.

Por fim, o diagnóstico precoce do câncer de mama é muito importante para diminuição da mortalidade, visto que as chances de cura chegam até 95% e dessa maneira diminui-se também a agressividade no tratamento.

.

Prevenção e Diagnóstico Precoce do Câncer de Mama